29/11/2017

A Importância do Upcycling para o Futuro da Moda


Às vezes, explicar a alguém o processo geral de produção de uma peça de algodão pode ser uma tarefa um tanto quanto complicada. Você precisa citar uma quantidade absurda de processos complexos: cultivar o algodão, colher, selecionar as fibras, tratar, tingir, tecer, transformar em roupa, costurar, importar, etc... O que fica fácil, é descrever o preço: R$15,00 na fast fashion mais próxima de você. Bem, nem sempre entende-se rapidamente que tem que haver alguém trabalhando em condições precárias para que a roupa seja vendida a esse preço. Nem sempre entende-se que a indústria que produziu essa peça não está, de fato, arcando com o impacto que ela causa no meio ambiente. Ela não está gastando dinheiro para recuperar a água que poluí, o solo que contamina e muito menos algum tipo de plano de saúde ou alimentação para seus trabalhadores. 

Pensar que a indústria fashion é uma das mais poluentes do mundo, faz de nós, consumidores e designers, grandes responsáveis por esse lugar "exclusivo" no ranking. Entretanto, também nós torna aptos de inciar uma mudança. Eu acredito fielmente que os designers são a chave. Os produtos precisam ser projetados de forma a que possam realmente ser reciclados, reaproveitados e reutilizados. Infelizmente, todo lixo é um erro de design. 

É incrível acompanhar marcas surgindo no mercado com essa nova raça de designer de moda que considera imprescindível colocar a ética no coração de tudo o que ele faz. Não é mais a sustentabilidade e a responsabilidade social um tópico extra ou estratégia de marketing cínico. As marcas mais inteligentes são as que assumem a total responsabilidade por cada etapa do processo, desde o fornecedor até o fabricante - e, em alguns casos, o acompanhamento do produto também. Estes são designers interessados ​​em qualidade, nunca quantidade - uma geração fazendo roupas que apreciaremos, que nos fará consumir menos e fazer a melhor escolha possível quando fizermos. Talvez, principalmente, uma geração que saberá reaproveitar, reutilizar e reciclar. 

Coleção colaborativa deHan Tang e Tam Nguyen com ideias de modelagem para reaproveitamento de tecidos. 
Fonte: School of Fashion.

Upcycling é o termo utilizado para o processo de transformar resíduos ou produtos inúteis e descartáveis em novos materiais ou produtos de maior valor, uso ou qualidade. Esse termo se popularizou quando o arquiteto William McDonough ajudou a divulgar o conceito em seu livro “Cradle to Cradle: Rethinking the way we make things”. De lá para cá, o conceito se difundiu ainda mais e trouxe impactos para diferentes áreas – inclusive para a moda. Isso significa dar um novo uso a antigas roupas e acessórios e aproveitar restos de tecidos e elementos inusitados – como sacos de cimento e garrafas pet – na produção de peças. É importante entender que Upcycling é um conceito bem diferente de reciclagem. Enquanto reciclagem é um processo que transforma coisas velhas em novas, Upcycling consiste na reutilização de materiais em seu estado original. Como não precisa dos processos químicos envolvidos na reciclagem, o Upcycling é considerado uma proposta ainda mais ecológica.

Material para trabalhar e inciar projetos é o que não nos falta. Confira abaixo algumas ideias para colocar isso em prática: 





Para mais informações sobre o assunto, clica no play e confira o vídeo sobre esse assunto em meu canal: 


Beijos and see you soon!

comentários pelo facebook:

1 comentários: