19/05/2017

3 documentários sobre moda sustentável


Me lembro como se fosse ontem a primeira vez que eu questionei meus métodos de consumo. Eu estava em uma das primeiras aulas da faculdade, com uma das professoras mais incríveis que já tive a oportunidade de conhecer, e ela apresentou um vídeo de 10 minutinhos que mudou minha vida. 
Após assistir, perplexa, procurei as etiquetas dentro das minhas roupas para identificar a procedência, relembrar a marca, saber a composição e desde então percebi que eu já não queria mais viver na ignorância de não saber nada sobre elas. 
Já faz dois anos que eu mudei minhas formas de consumo, passei um período de um ano sem comprar uma única peça de roupa e descobri que eu poderia ser muito feliz com tudo o que eu já tinha no armário. O melhor de tudo, é que eu não mudei apenas minha percepção sobre o mundo da moda, mas sim sobre o mundo de uma forma geral: primeiro questionei o que eu estava fazendo e agora ando me questionando sobre o que todos nós estamos fazendo ao planeta - e a nós mesmos. 
Decidi que eu quero trazer o máximo de informação e inspiração para mudança na vida das pessoas que leem meu blog e me seguem nas redes sociais. Eu quero ser muito mais do que alguém que você dá like nas fotos, eu quero ser a pessoa que impacta a sua vida de uma forma positiva, assim como vocês impactam a minha. Vocês são as pessoas que deram voz a Marieli. 


O objetivo de hoje é apresentar 3 documentários sobre moda e sustentabilidade que abordam esses assuntos de formas diferentes, entretanto uma complementando a outra. A ênfase desse post vai para o The Next Black
Esse documentário foi lançado em 2014, porém é de uma atualidade absurda. Ele aborda os caminhos que a moda tende a percorrer nos próximos anos juntamente com a participação, cada vez mais sólida, da tecnologia e das novas iniciativas.


Uma série de trabalhos de cientistas e designers são apresentados ao decorrer da narrativa e entre eles conhecemos o trabalho da Suzanne Lee, uma designer focada em futuras tecnologias. Ela usa um processo chamado de BioCouture, que pesquisa uma grande inovação no mundo da moda: ela usa uma composição de milhões de bactérias que crescem em banheiras de chá verde para produzir roupas. Eu sei, parece insano, mas é incrível! Essas bactérias geram "laminas" finas e de uma beleza impressionante, que se mostram resistes para a confecção de peças de vestuário. 


Outra ideia interessante é a do Studio XO, que já desenvolveu looks para a Lady Gaga! Eles projetam peças ligadas diretamente com a tecnologia da impressão 3D e uma nova forma de consumir os produtos: muito mais emocional e impressionante. 


As ideias são tantas e todas tão incríveis que eu realmente espero que isso possa inspirar vocês e mostrar que ainda há esperança para a indústria mais poluente do mundo: a da moda. Os novos tempos que estão por vir guardam grandes mudanças e novas ideias para nossas percepções de consumo e desde já a ideia de ver isso engatinhando me deixa animada! 

Você pode conferir o The Next Black em alta qualidade no YouTube e também conferir as dicas de mais dois documentários importantes sobre esse assunto clicando no play do vídeo abaixo! 


Por hoje é isso! Espero que tenham gostado das dicas! Beijos and see you soon!

comentários pelo facebook:

0 comentários:

Postar um comentário