24/11/2016

Logo 22 e algumas considerações


Quanto mais eu me aproximo dos 22 anos, mais eu me identifico com a música 22 da Taylor Swift. Aquela frase "we're happy, free, confused and lonely at the same time. It's miserable and magical" basicamente descreve minha vida, por que é realmente assim que eu me sinto todos os dias nos últimos meses. Sabe o que é mais engraçado disso tudo? Eu peguei gosto por esse caos. Me apaguei a bagunça emocional, a bagunça da vida e a minha falta de organização só melhora a situação. Ter uma vida instável é uma das coisas que eu mais preciso para, de fato, continuar a ser uma pessoa feliz. Já tentei viver dentro de uma rotina metódica que se tornou extremamente monótona e acabou me arrastando para dentro de um grande poço, o qual estava sendo fechado, caso eu não me apressasse e fizesse algo para sair dali logo. 



Quando eu digo vida instável, eu me refiro ao fato de não saber exatamente como hoje pode terminar, de não saber o que eu farei amanhã ou no final de semana. Eu não sei onde estarei em uma semana ou muito menos em um mês. Eu faço planos de longo prazo que são resumidos a fazer uma viagem para o exterior, olhar todas as temporadas de Game Of Thrones (estou dando uma segunda chance) e fazer mais uma tatuagem no final do ano. Eu não sei quando eu vou comprar uma casa, um carro, me casar ou se quer sei se algum dia irei fazer alguma dessas coisas. Literalmente, todas as noites "It feels like a perfect night for breakfast at midnight, to fall in love with strangers" ou para cortar o cabelo de uma forma louca. 



Coisas que são extremamente importantes para outras pessoas não fazem o menor sentido para mim e eu não vejo mais o diferente com olhos arregalados. Eu quero ouvir histórias das pessoas e não quero esperar nada além de boas conversas delas. Quero acordar cedo pela manhã do lado de alguém legal e discutir sobre política, sobre a economia ou vamos simplesmente falar sobre a diferença de lajota e azulejo. Varanda e sacada. Quero fazer amigos na balada e quero que a gente mantenha contato depois, que a gente se importe um com o outro, que as pessoas se importem umas com as outras. 


Ás vezes eu me sinto idiota e fazendo um papel de trouxa ao me preocupar com outro alguém, mas eu gosto de pensar que ainda somos seres agradáveis e capazes de demonstrar apego e solidariedade. Se eu sentar do seu lado, eu vou querer puxar uma conversa, eu vou querer saber como anda sua vida, como está seu crush, seu curso da faculdade e olha, eu realmente vou me importar com isso. E ás vezes eu começo a escrever coisas aqui falando sobre isso, por que eu sinto que esse sentimento não é recíproco, que nem todas as pessoas são assim, e que uma ou outra, que eu queria adicionar na lista de "pessoas com quem eu quero conversar todos os dias", de fato, não se importam tanto quanto me fizeram acreditar. 




Mas eu sei, eu sei: eu também não sou uma pessoa tão fácil assim e sei que eu tenho atitudes estranhas, ou um tanto quanto questionáveis. Eu quero cantar minhas músicas preferidas bem alto e eu quero me sentir bem por isso. Eu ando frequentando festas onde eu realmente só me preocupo com a música e em como é incrível você poder dançar e se divertir mesmo estando sozinho no meio da pista rodeado por várias pessoas. Você canta a letra quase em gritos e bate no peito durante sua frase preferida e descarrega uma parcela da carga que estava carregando em seus ombros. 



Eu assumi que eu amo falar sozinha na rua. Eu me pego falando alto em locais públicos e quando me dou conta do que está acontecendo ainda dou uma risadinha, poi acho a situação extremamente divertida. Se algumas pessoas ficam olhando? Claro que sim, mas isso deixa tudo mais engraçado ainda. E por mim está tudo bem, já entendi que eu sou dessas pessoas que é dos extremos: ou muito feliz ou muito triste. Ou é o melhor dia da sua vida, ou é pior. Ou chora de tanto rir, ou ri de tanto chorar. 



Além de toda essa bagunça, eu ainda não entendo a idade que tenho. Logo 22, entretanto existem dias que eu me sinto com 17. Existem dias em que eu não me sinto apta para tomar decisões, para fazer da minha vida algo produtivo ou para simplesmente encarar minhas atividades com maturidade. Há dias em que eu me questiono sobre como levo a vida, se isso é o melhor que eu poderia fazer ou se falta um olhar mais maduro para me ajudar a seguir pelo caminho certo. Se eu sou muito infantil por realmente amar o caos e a bagunça, ou muito inteligente por não me preocupar a toa em situações banais. De qualquer forma, ao longo do tempo eu aprendi que o que importa mesmo é a junção de vontade com competência e se você realmente quer uma coisa e se prepara para alcança-la, vai dar tudo certo. Pelo menos isso é o que eu espero, o que a gente espera. O que a gente reza para acontecer. 


No look eu visto:
| Saia Jeans Botões Frontais: Mercatto por Zattini | Cropped: Afghan por Zattini | Blazer: C&A | Tênis: Vizzano | 

comentários pelo facebook:

4 comentários:

  1. A gente pode se abraçar? Eu vou fazer 25 e tenho os mesmos pensamentos/questionamentos. A vida é muito louca e, por mais que eu me esforce algumas vezes pra ser levada (levando em consideração que pareço fisicamente ter uns 17 e sempre acham que eu sou retardada ou imatura por isso) a sério, a vontade é meter o loco e continuar cantando na rua como se estivesse num videoclipe. Ou falar e gesticular sozinha na rua porque é quem eu sou. E isso independe de eu ter 17, 21 ou 25 anos... Oxe! Me empolguei aqui Hahahaha

    Parabéns pelas fotos e pelo texto
    Beijos

    Elisa Alecrin ❤

    ResponderExcluir
  2. Primeiramente ,eu queria te abraçar forte e conversar sobre as coisas banais até as mais complexas da vida,mas também cantar alto uma música e dançar uma música bem rebolante bem dançante contigo guria kkkkkk. É louco sentir tanta identificação com uma pessoa que nunca me relacionei e tals ,mas te admiro muito e me identifiquei com muita coisa dita ,apesar de ter 17 anos .

    ResponderExcluir
  3. Incrível como eu consegui me encontrar e me sentir em cada palavra sua, acho que essa é a melhor coisa na blogosfera.
    Eu tenho certeza, Mari que facilmente conversaríamos por horas. De todos os textos que você escreveu, esse foi o que mais gostei. Senti tanta humildade, tanta ternura ao ler. Acho até que você está descobrindo seu melhor lado, sei lá, tornando-se uma melhor ainda.
    Estou muito feliz em saber que é dessa forma que você se sente. Gostaria mesmo, mesmo de prolongar esse assunto em alguma rede social.
    Eu agora estou numa fase de redescoberta, ainda se encontra um caos interno por aqui, mas é quando leio histórias como a sua e vejo por aí pessoas como você, que eu sinto esperança no peito de que com um pouco de tempo as coisas irão para seus devidos lugares.
    E eu acho que você está certíssima em ser a pessoa que você gostaria de conhecer. Isso demostra um passo grande em evolução pessoal e autoconhecimento.
    Um beijo,

    www.ultimobiscoito.com

    ResponderExcluir
  4. MARIIIIIIIIII, MARAVILINDAAAA, 22 É UMA IDADE MUITO BACANA :) AMEI SUA COMPOSIÇÃO COM A BLUSINHA PRETA E A SAIA JEANS, SUPER DESPOJADO E CONFORTO TOTAL, MUITO SHOOOOWWW COM OS TENIS BRANQUINHOS SEM MEIA, EU AAAAAMOOOO SUAS COMPOSIÇÕES DE SAIA/VESTIDO E TÊNIS, ACHO SIMPLESMENTE UM "MUST", VOCÊ ESTÁ DESLUMBRANTE E RADIANTE, UMA DEUSAAAA, E É SIMPLESMENTE DEMAIS, SUPER TENDÊNCIA, É INSPIRAÇÃÃÃÃÃOOO DEMAAAAAAAAIIIS, NÃO CAAAABE EM MIIIIIIIMMM AAAAHHHHH MARIIIIIIIIIII EEEEEEUUUU VOOOOOOOUUUU MASSSSTERRRRRRRRR EEEEEEEEEEEEEXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXPPPPPPPPLLLLLLLLLLOOOOOOOOOOOOOOOOOOOODDDDDDDDDDIIIIIIIIIIIIIIIIIIRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRR!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! VOCÊ ESTÁ DIVINA!!!!

    ResponderExcluir