10/08/2016

Jeans + Patches e Melissa Mar Mármore


É sempre bom agregar algo nas postagens de look do dia. Seja um papo sobre o que anda acontecendo, uma opinião ou então contar a história de uma peça. Algumas coincidências me fizeram optar por falar especificamente do jeans hoje aqui no blog! Tudo começou com um livro sobre moda dos anos 50 que estava lendo, onde juntei algumas referências sobre denim e depois tal década foi discutida em sala de aula, o que me fez ficar pensando mais ainda sobre. E por final, quando fui editar as fotos de looks que fiz no início da semana, percebi que uma das composições que montei era quase um all jeans, um a lot of jeans pelo menos!
Como o jeans tem uma história um tanto curiosa e é uma das peças que mais utilizamos no dia a dia, vale a pena saber que ele atravessou o século XX, se transformando no artigo de moda mais democrático e popular existente. 





Dá para dizer que tudo começou lá pelo século XIX, quando os Estados Unidos estava na corrida pelo ouro e seus principais trabalhadores da área, os mineradores, precisavam de roupas resistentes. Foi ai que apareceu o Levi Strauss, um judeu alemão, que teve a brilhante ideia de oferecer esse tecido de algodão sarjado, uma espécie de brim, que vinha lá da região de Nîmes, na França, para fabricar peças de roupa para esses homens, visto que a resistência da peça seria muito maior. Outro fato interessante, é que do seu local de origem surgiu seu nome denim, “de Nîmes”. A cor azul do tecido veio só depois, quando Levi decidiu tingir as peças com o corante de uma planta chamada Indigus, dando a cor pela qual o jeans é hoje conhecido. E nesse momento meus caros, a Levi's dá seus primeiros indícios de vida! Lembrando que a marca até hoje comercializa o famoso jeans 501 - número do primeiro lote fabricado. 






É claro que por muitos anos o jeans era apenas usado para trabalhar, até que na década de 40, os cowboys do asfalto em suas motos Harley-Davidson aderiram a peça como seu 'uniforme' e isso era inaceitável pela sociedade, um atentado ao pudor público. Depois da Segunda Guerra, lá pelos anos 50, os filhos da geração que lutou, buscaram uma forma de desafiar a sociedade e quebrar paradigmas, então foi ai que o jeans se transformou em símbolo de rebeldia! Popularizou quando, no filme Juventude Transviada, o ator James Dean (amo!), no papel do jovem e rebelde Jim Stark, apareceu usando a combinação clássica: calça jeans e camiseta branca. Depois do boy outros magias também contribuíram para popularizar a peça mais ainda, como Marlon Brando e Elvis Presley. Chegou num nível de repúdio pela sociedade que o jeans foi proibido nas escolas e em lugares como cinemas e restaurantes. Mas é claro, que sempre existem pessoas dispostas a se colocarem na linha de fogo, e estrelas como Marylin Monroe, usavam o jeans com um apelo sensual. 




Depois foram os Beatles, Bob Dylan, Jimi Hendrix e por aí vai! Na década de 70 surgiram os hippies que adotaram o jeans como peça essencial do visual largado e basicamente na mesma época o jeans inicia sua globalização e s insere na indústria européia, que transformou a aprimorou o design e o acabamento, se tornando grande referência na produção do artigo na indústria da moda. E lá pelos anos 80, o jeans já estava disponível em todo o mundo em diversas modelagens, lavagens e dentro das tendências, já que foi nessa época que o jeans de cintura alta virou febre! 
Não sei vocês, mas hoje em dia eu sou uma pessoa que não consegue ficar sem essa peça no armário. Uma boa jaqueta jeans com uma pegada vintage e pelo menos dois jeans básicos com lavagens diferentes e que tenham uma boa modelagem, não podem faltar por aqui! E vocês?


No look eu visto: 

| Calça Jeans: Youcom | Jaqueta: C&A | Patches: Ethus | T-shirt: Nike | Sandália: Melissa Mar | 


Queria deixar um agradecimento para o Clube Melissa do Canoas Shopping que me presenteou com essa Melissa Mar marmorizada que com certeza é uma das coisas mais lindas que já vi na vida! Sou apaixonada por mármore (quem acompanha o blog sabe disso), e não posso negar, essa é minha Melissa preferida da nova coleção MashUp! 
Por hoje é isso, espero que tenham gostado do post! Beijos e até a próxima!

comentários pelo facebook:

3 comentários:

  1. Adorei o look e já quero uma Melissa como essa <3

    ResponderExcluir
  2. Adorei o look Mari! Eu sou apaixonada por jeans, tanto que nesse semestre vou fazer um trabalho na faculdade sobre ele (também faço Moda na Feevale <3).
    O post ficou ótimo, acho a história do jeans muito interessante e a forma como tu contou ficou muito legal!
    Beijos!
    blog Não Tão Pop

    ResponderExcluir
  3. Eu não conseguia a história do jeans e não fazia ideia que a Levi's era uma das pioneiras :O
    O look esta sensacional!! Eu to amando Patches!

    Beijão,
    Quase Mineira

    ResponderExcluir