23/10/2013

Sobre Coca-Cola e você


Nunca sequer gostei de refrigerante na vida. Sede pra mim, só cura com água. Água bem gelada. Nada de Coca ou de Guaraná. Mas semana passada fui ao médico e ele proibiu terminantemente de beber o tal do refrigerante. Saindo do consultório, me veio a vontade louca de tomar um gole e sentir aquele líquido gaseificado e aromatizado artificialmente passando pela minha garganta. Passava por bares e restaurantes e só conseguia mais ver aquele líquido colorido - preto, laranja, cor de uva - no copo das pessoas sentadas, ou aquelas latas lindamente decoradas nas geladeiras. No outro dia, nada mais já me importava na vida a não ser esse bendito fruto proibido. Eu só tinha olhos para o refrigerante. Só pensava no refrigerante. Acordava e ia dormir querendo refrigerante. Não por gostar, mas por saber que eu não posso. É mais ou menos assim com você. 

comentários pelo facebook:

0 comentários:

Postar um comentário